Saúde Bucal: O que saber antes de fazer o clareamento dental

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por admin
em junho 6, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

O clareamento dental é um dos procedimentos mais procurados nos consultórios odontológicos, por ser uma forma de tornar os dentes esteticamente mais bonitos, deixando as dentições totalmente brancas e com aparência saudável. 

Mas, para realizar o procedimento, é necessário saber se está apto ou não para iniciar o tratamento, pois algumas doenças bucais impedem que o procedimento seja feito.

Existem algumas alternativas de clareamento dental, e para saber qual a melhor opção, é essencial consultar um dentista de confiança na clínica dentária da qual você faz os seus tratamentos.

O que é clareamento dental?

Há diversas formas de clareamento dental, mas basicamente ele é um tratamento com substâncias que clareiam os dentes quimicamente. 

Seu objetivo principal é clarear os dentes que estão com aspecto amarelados devido ao escurecimento natural ou por motivo de hábitos excessivos que incluem a cafeína e tabaco, substâncias que permitem o escurecimento e amarelamento dos mesmos. 

Esse procedimento é realizado por um cirurgião dentista especializado em clareamento dental, utilizando um gel clareador que é composto por peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida.

Para iniciar o tratamento, é imprescindível fazer um exame clínico para saber se a saúde bucal vai bem, dependendo do que o indivíduo tiver nos dentes ou gengiva, não será indicado ser realizado o procedimento, pois pode agravar o problema. 

Uma dúvida grande acerca do procedimento é sobre clareamento dental quanto custa? Isso pode variar de acordo com o tipo de tratamento escolhido pelo paciente, que pode ser feito de três formas, onde o primeiro é o método caseiro em que há supervisão do profissional dentista, e auxílio a partir de moldeiras apropriadas para o tratamento.

Outra forma do procedimento é o feito dentro da clínica odontológica, com todos os trâmites. E a maneira mais procurada é intercalando os dois tipos de procedimentos. 

O preço para o tratamento do clareamento dental pode vir a ser de R$500 a R$2500 dependendo do método utilizado, que pode ser feito com luz de led, a laser e com uso de moldes.

O clareamento dental é prejudicial à saúde? 

Existem mitos e verdades sobre o clareamento dental e isso equivale a se ele é prejudicial ou não para a saúde. 

A verdade é que há pessoas que devem evitar realizar esse procedimento, como, por exemplo:

  • Mulheres grávidas; 
  • Menores de 16 anos; 
  • Pessoas que possuem sensibilidade nos dentes;
  • Indivíduos com problemas bucais, como cárie e gengivite;
  • Mulheres que estão no período de amamentação;
  • Pessoas que possuem muitas restaurações nos dentes.

Essas restrições são feitas para não ocorrer agravamento dos problemas bucais, devido a química que consiste nos agentes de composição do gel clareador. 

Tirando essas moderações que são feitas, o procedimento do clareamento dental não é prejudicial à saúde e foi comprovado cientificamente que o procedimento é totalmente seguro e eficaz, não prejudicando a saúde bucal. 

Deve-se apenas tomar cuidados durante o tratamento evitando o contato com a pele, lábios e gengiva, pois o peróxido de hidrogênio pode causar queimaduras e lesões, sendo necessário uma consulta de emergência em uma clínica dentista 24 horas

Quais cuidados devem ser tomados pós-clareamento? 

Durante o tratamento há algumas restrições que devem ser feitas de acordo com o seu dentista, isso inclui evitar alimentos que possuem substâncias de corantes, seja artificial ou natural. Entre os alimentos e bebidas proibidos estão: 

  • Café; 
  • Chá Preto; 
  • Alimentos industrializados com corante artificial; 
  • Cenoura;
  • Beterraba. 

Esses alimentos podem prejudicar todo o processo do tratamento dental, por isso deve ser evitado para que os resultados durem mais. 

Outros alimentos que devem ser evitados durante o tratamento são alimentos ácidos, isso se dá pois tendem a aumentar a sensibilidade dos dentes que já ficaram sensíveis devido ao procedimento. 

Assim como as precauções durante o procedimento do clareamento dental, é importantíssimo tomar os cuidados com o pós-tratamento, pois é ele que irá fazer com que o clareamento dure mais. 

Ter uma boa higiene bucal, com o uso de escova de cerda macia e cabeça pequena, juntamente com o uso do fio dental diariamente e antisséptico bucal irá preservar a saúde e a cor dos dentes. 

Outra forma de manter os dentes brancos por mais tempo é fazendo uma consulta periódica com o dentista que realizou o procedimento, assim ele irá avaliar quando será necessário uma outra sessão.

O profissional também deverá sugerir o período correto e seguro para a profilaxia dentária, retirada do tártaro que prejudica toda a estrutura estética do dente, podendo levar a problemas bucais como cáries e gengivite. 

Tomando todos os cuidados sinalizados pelo seu dentista, o resultado do clareamento dental tende a durar mais tempo, mantendo os dentes bonitos e brancos.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.