Construção sustentável: como tornar sua casa eco-friendly em 5 passos simples

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por isabella
em janeiro 30, 2024

Tornar nossa casa eco-friendly e contribuir para a preservação do meio ambiente é uma prioridade crescente em nossa sociedade atual.

Com o aumento da conscientização sobre a importância da sustentabilidade, a construção sustentável se tornou uma abordagem fundamental para minimizar nosso impacto ambiental.

  1. Eficiência energética como prioridade

Garantir a eficiência energética em nossa casa é um passo fundamental para reduzir o consumo de energia e diminuir nosso impacto ambiental. Para alcançar esse objetivo, é essencial concentrar-se no isolamento adequado das paredes, telhado e janelas.

Um bom isolamento evita a perda de calor durante o inverno e impede a entrada excessiva de calor durante o verão, reduzindo a necessidade de aquecimento ou refrigeração artificial.

Dessa forma, a energia é utilizada de forma mais eficiente, resultando em menor consumo e menor emissão de gases de efeito estufa.

Outra medida importante, utilizando um andaime industrial, de preferência, ou uma escada adequada, é a substituição das antigas lâmpadas incandescentes por modelos LED, mais eficientes em termos energéticos.

As lâmpadas LED consomem consideravelmente menos energia, proporcionam uma vida útil mais longa e emitem menos calor, tornando-as uma opção econômica e sustentável.

Além disso, é essencial adotar o hábito de desligar os aparelhos eletrônicos quando não estiverem em uso. Muitos dispositivos consomem energia mesmo em modo de espera, contribuindo para o desperdício energético.

Uma alternativa ainda mais eco-friendly é a instalação de painéis solares em sua casa, que convertem a luz solar em eletricidade limpa e renovável, reduzindo a dependência de fontes terceirizadas.

Além de reduzir a sua pegada de carbono, a geração de eletricidade a partir de painéis solares pode levar a economias significativas nas contas de energia a longo prazo, exigindo apenas o acompanhamento de uma empresa de manutenção de geradores de tempos em tempos.

Ao gerar sua própria eletricidade limpa, você contribui para a sustentabilidade energética e incentiva o uso de fontes renováveis.

  1. Uso consciente para conservação da água

A conservação de água é outro passo importante quando o assunto é construção de uma casa eco-friendly. Existem várias medidas que podemos adotar para reduzir o consumo de água em nossas residências.

Uma opção eficaz é a instalação de dispositivos economizadores, como torneiras e chuveiros com baixo fluxo e vasos sanitários de duplo fluxo.

Ao optar por torneiras com baixo fluxo, limitamos a quantidade de água que flui enquanto realizamos tarefas domésticas, como lavar as mãos ou escovar os dentes.

Chuveiros de baixo fluxo também ajudam a reduzir o consumo de água, fornecendo uma saída controlada e eficiente durante o banho. Os vasos sanitários de duplo fluxo oferecem diferentes opções de descarga, permitindo que utilizem menos água ao eliminar resíduos líquidos.

Esses dispositivos economizadores são simples de instalar e podem fazer uma grande diferença no consumo de água ao longo do tempo. Além disso, a coleta de água da chuva é uma estratégia sustentável para aproveitar um recurso natural gratuito.

Ao instalar sistemas de captação de água da chuva com parafuso autobrocante para ferro para melhor sustentação, podemos armazenar a água em recipientes adequados e utilizá-la para:

  • Descarga de vasos sanitários;
  • Irrigação de jardins;
  • Lavagem do carro;
  • Limpeza externa da casa.

Essa prática reduz a dependência da água potável para fins não potáveis, preservando um recurso valioso.

Detecção e correção de vazamentos

Pequenos vazamentos, mesmo que aparentemente insignificantes, podem resultar em um desperdício significativo de água ao longo do tempo.

Ao ficar atento a sinais de vazamentos, como manchas de umidade ou ruídos estranhos nas tubulações, e consertá-los prontamente, podemos evitar o desperdício e garantir o uso eficiente desse recurso vital.

  1. Aplicação de materiais sustentáveis na construção

Ao realizar reformas ou construir novas estruturas ao comprar mezanino, é importante dar preferência a materiais que sejam ecologicamente responsáveis e de baixo impacto ambiental.

Uma escolha inteligente é optar por madeira certificada, proveniente de fontes sustentáveis. Ao escolher esse material, você garante que o material tenha sido colhido de forma legal e sustentável, contribuindo para a preservação das florestas.

Além disso, produtos reciclados ou recicláveis são uma alternativa viável, pois reduzem a demanda por novos recursos naturais e ajudam a diminuir a quantidade de resíduos enviados para aterros sanitários.

Escolha tintas de baixo teor de emissões

Muitas tintas convencionais contêm compostos orgânicos voláteis (COVs), que podem ser prejudiciais à saúde humana e contribuem para a poluição do ar.

Para aplicar sobre uma pingadeira de concreto, por exemplo, optar por tintas de baixa emissão reduz o impacto negativo desses produtos químicos, criando um ambiente mais saudável em sua casa.

Revestimentos de piso eco-friendly

O bambu é uma alternativa popular entre os revestimentos de piso eco-friendly, devido à sua rápida taxa de crescimento e capacidade de se regenerar. Ele pode ser usado em pisos, painéis e até mesmo móveis.

A cortiça, por sua vez, é obtida do sobreiro, uma árvore que pode ser descascada sem danificar o tronco, permitindo a colheita sustentável com o uso de esticador para cabo de aço e outras ferramentas apropriadas.

Ambos os materiais são renováveis, duráveis e contribuem para a redução do uso de recursos não renováveis. Ao apoiar a indústria de materiais sustentáveis, você incentiva a inovação e o desenvolvimento de soluções mais eco-friendly.

  1. Gestão de resíduos é fundamental na construção

Uma abordagem responsável para tornar nossa casa mais eco-friendly envolve uma gestão adequada dos resíduos que produzimos. Ao adotar práticas de redução, reciclagem e reutilização, podemos minimizar o impacto ambiental associado ao descarte inadequado de resíduos.

O primeiro passo é reduzir a quantidade de resíduos que produzimos. Isso pode ser alcançado através da conscientização sobre nossos hábitos de consumo.

Evite comprar produtos descartáveis sempre que possível e prefira opções duráveis e reutilizáveis. Opte por embalagens com menos plástico ou embalagens recicláveis.

Ao fazer escolhas conscientes, você contribui para a redução da quantidade de resíduos que acabam em aterros sanitários ou poluindo o meio ambiente.

Reciclagem é essencial na gestão de resíduos e eco-friendly

Certifique-se de separar o lixo em diferentes recipientes para a reciclagem adequada. Verifique quais são os materiais aceitos para reciclagem em sua região e siga as diretrizes locais, o que pode incluir:

  • Metal;
  • Papel;
  • Plástico;
  • Vidro.

Ao separar corretamente os resíduos, você facilita o processo de reciclagem e ajuda a reduzir a demanda por matérias-primas virgens.

Compostagem dos resíduos orgânicos e eco-friendly

Realizar a compostagem de restos de alimentos, cascas de frutas e vegetais, folhas e outros materiais orgânicos permite que esses resíduos sejam transformados em um valioso adubo natural.

A compostagem é uma forma eficiente de reduzir a quantidade de resíduos enviados para aterros sanitários, além de fornecer um fertilizante natural para uso em jardins e plantas.

Outra prática sustentável é a reutilização de materiais sempre que possível. Antes de descartar algo, avalie se pode ser reutilizado de alguma forma.

Por exemplo, frascos de vidro podem ser usados como recipientes de armazenamento, embalagens de papelão podem ser transformadas em artesanato e roupas podem ser doadas ou reformadas.

Ao encontrar novos usos para os objetos, como um rodo reforçado para limpeza, você prolonga sua vida útil e evita a necessidade de comprar novos produtos.

  1. Paisagismo sustentável cria jardim eco-friendly

O paisagismo sustentável oferece a oportunidade de se criar um ambiente eco-friendly em nossa casa. Ao projetar e cuidar do nosso jardim, podemos optar por práticas que promovam a conservação dos recursos naturais e a preservação do ecossistema local.

Ao escolher plantas para o seu jardim, dê preferência às espécies nativas e adaptadas ao clima local. Essas plantas são naturalmente adaptadas às condições ambientais da região, exigindo menos água e manutenção.

Além disso, elas geralmente são mais resistentes a pragas e doenças, reduzindo a necessidade de produtos químicos para controle de pragas. Outro aspecto importante do paisagismo sustentável é o uso eficiente da água.

Considere a instalação de um sistema de irrigação eficiente, como gotejamento ou aspersão direcionada, que fornece água diretamente às raízes das plantas, reduzindo o desperdício por evaporação.

Além disso, é possível utilizar sensores de umidade no solo para medir a necessidade real de irrigação, evitando o excesso de rega. Uma prática sustentável no paisagismo é o uso de cobertura vegetal, como mulching, para reduzir a erosão do solo.

Ao cobrir a superfície do solo com materiais orgânicos, como lascas de madeira, palha ou folhas, você ajuda a reter a umidade, reduzir o crescimento de ervas daninhas e proteger o solo da erosão causada pelo vento e pela chuva.

Além disso, a cobertura vegetal fornece nutrientes ao solo à medida que se decompõe, promovendo a saúde das plantas.

Outra opção no paisagismo sustentável é a criação de áreas dedicadas à floração de plantas nativas e polinizadoras, como borboletas e abelhas. Essas plantas atraem polinizadores, contribuindo para a biodiversidade e a reprodução das espécies.

Em um projeto estrutural sobrado, por exemplo, vale considerar a inclusão de um espaço para uma horta orgânica em seu jardim, onde você pode cultivar ervas, vegetais e frutas livres de agrotóxicos.

Conclusão

Ao adotar práticas de construção sustentável e tornar sua casa eco-friendly, você contribui de maneira valiosa para um futuro mais sustentável.

Ao otimizar a eficiência energética, conservar água, usar materiais sustentáveis, gerenciar adequadamente os resíduos e adotar um paisagismo consciente, você cria um ambiente mais saudável para você, sua família e o planeta como um todo.

Lembre-se de que cada ação conta e que juntos podemos construir um futuro mais eco-friendly e sustentável.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, em parceria com o site Lifeasy, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade